Meia soquete


moda-femininaApesar de não ser exclusividade feminina, as meias soquete têm um grande significado para a composição de um look básico do dia a dia de uma mulher moderna e elegante. A história desse tipo de meia é, no mínimo, bastante interessante e curiosa. Tudo começou no Reino Unido, durante a Segunda Guerra Mundial. Devido à falta de meias finas de nylon (que era a preferida das mulheres da época), provocada pelo racionamento de roupas, as mulheres britânicas tinham apenas duas alternativas: ou usavam meias de fio escócia ou, simplesmente, não usavam meias de nenhuma espécie.

Por tais razões, a Vogue britânica fez um favorzinho às suas leitoras: ela sugeriu e promoveu o uso de meias soquete, que geralmente eram brancas, confeccionadas em algodão ou lã. Como o tweed era um tecido bastante popular no Reino Unido, também havia modelos assim. Hoje em dia é possível encontrar meias soquete em diversos materiais – naturais ou sintéticos. O costume de usar meias soquete veio dos Estados Unidos, mais precisamente, de suas adolescentes. O auge da popularidade destas meias foi nos anos 1950, e eram combinadas com vários tipos de roupas e sapatos da época.

Publicidade - LAMG

feminina-modaA febre também pegou no Brasil e na capital paulista as soquetes eram bastante usadas nas aulas de ginástica e educação física, combinadas com camisa polo, short de algodão e sapatilhas. A praticidade delas é tão grande, que permanecem até hoje como uma das meias mais populares no mundo todo. Elas não só continuam inquilinas das roupas de ginástica, como também povoam a mais universal gama de ocasiões, por ser extremamente discreta, não importando se é toda colorida ou estampada. Boas e variadas opções de marcas e lojas – físicas e virtuais – não faltam, tem para todos os gostos. Algumas das mais populares são a Lupo, Puket, Pakalolo e Trifil.

moda

Deixe um comentário